A Redação que tomei 3,0!! Leeiaa *-*

fale


Amor Virtual, vale a pena mesmo experimentar?

Em uma calma tarde de segunda-feira, uma jovem menina chamada Inês, bonita e de aparência triste procurava fugir da realidade e encontrar uma saída para sua vida.
Inês acessava frequentemente o seu computador, e nele conheceu Albert, um garoto fechado, que não era nada parecido com ela, e não tinha nada em comun ao seu ponto de vista. Tamanha diferença entre os dois adolescentes era o que fazia com que um chamasse a atenção do outro. Inês, frágil emocionalmente se encantava todas as noites quando conversava com Albert, ele por sua vez, não se sentia muito atraído, mas não a deixava de tratar bem.
Com o passar dos meses sempre havia intrigas entre os dois, pois por pensarem de jeitos diferentes, muitas das vezes era difícil quase sempre chegar a uma conclusão. Albert era um menino muito privado, isso irritava Inês, mas o que ela não sabia, era que ele estava gostando dela.
Por um longo período Inês conversava com outras pessoas a respeito do Albert, falava muito da sua grandiosidade, da sua boniteza, e ne uma dessas conversasde MSN uma de suas amigas fez ela enxergar o que somente ela não enxergava. Inês estava completamente apaixonada por Albert, não acreditava, mas era o que todos sabiam e o que ela havia descoberto.
A partir desse momento, tudo mudou. Albert já não conversava mais com Inês e ela igualmente não conversava com ele, o Albert a ignorava sempre que podia. Por uns momentos eles chegaram a se entender mais não ao suficiente para um falar o que sentia pelo outro. Em uma noite de conversa, eles brigaram e apartir dessa briga Inês ficou muito magoada e criou raiva pelo Albert, ele também já não estava mais se entendendo com ela e desse dia em diante passaram-se 2 meses em que nenhum dos dos dirigia a palavra ao outro.
Após umas semanas passadas desses 2 meses, Albert se foi e Inês ficou desesperadamente louca, sem saber o que tinha acontecido e porque ele havia ido embora. Inês chorou o quanto pode, não achava explicação para o desaparecimento de Albert, os cinco dias de angústia não faziam bem à menina. Com baixo rendimento escolar e adoecimento por conta da emoção, Inês por dentro estava despedaçada e queria voltar ao tempo para concertar o errado e poder fazer do tudo o diferente.
Albert nunca mais apareceu, ele ainda lembrava de Inês, queria poder ficar com ela, atravessar a distancia para estar perto da menina que gostava. Preferiu entender que era impossível, somente ilusão. Ele não teve coragem de dizer adeus a Inês, não queria que ela ficasse triste, não havia contado seus sentimentos para não deixa-la iludida, mas foi embora. Sem ouvir e saber, que Inês também o amava secretamente.

morri* X_X aopskapskapoksapoksapoksapoksapok
ganhei 3 pontos nisso!!! *-*-*-* eu sou phodaaaaaa
comentem t.t

7 comentários:

Mel disse...

*-*

igor disse...

gostei do seu blog e tb gostei de ter ido comentar o meu, vlw!!!!!

!Liz! disse...

nossa q triste D:
tadins deles, pra ver q o amor nem sempre é tão belo assim D=

Islane disse...

S EU LER ESSA REDAÇÃO DE NOVO EU CHORO,JURO QUE CHORO...SHAUSHAUH
muito massa a redação,não importa como...não existem finais felizes meu povo.OMG, 0.O

Mel disse...

PAOSKPOASKPOAKSAKSPOAKSPOAKSPOAKSPAOKSAPOKSAPOKSPO
tipo lanne, ex: numa novela os povo reclama.. todo final é feliz..
numa redação tem que ser diferente xP

vlw pelos posts gente, vou dar uma nova postagem ainda hoje
beijoos

Islane Oliveira " ) disse...

pois vc tm toda razão,td tm final feliz...já tá na hora de começarem a mudar o enrredo dessas coisas aí viu.*-*

Mel disse...

a proxima redação que eu fizer vai ter morte no fim Ò_Ó

sabe.. essa redação foi bonita pq foi baseada n'uma história rea *-*

bjss

perfil + perfil + Faça o seu tb no CBD - Coisinhas by Drika
____________________ *